Saiba o que Julia Roberts escreveu sobre Natalie Portman

 

Julia Roberts escreveu na coluna “atores sobre atores” para o site “Variety“, falando sobre a atuação de sua amiga, Natalie Portman em “Cisne Negro“.
“É um interessante esforço assistir um amigo em um filme. Assim como é um risco concordar em escrever um artigo sobre uma amiga em um filme. Meu assunto de hoje, Natalie Portman, me pareceu valer o risco. Ela é sempre encantadora, sempre ‘assistível’, sempre interessante. Então há o “Cisne Negro”. Se eu pudesse chegar agora até ela iria oferecer-lhe um copo de vinho terrivelmente bom e pedir-lhe para se sentar um pouco.
Natalie Portman no novo filme de Darren Aronofsky é uma bailarina. Eu não consigo pensar em nada mais preciso e complementar para dizer sobre ela neste papel: Ela é uma bailarina! Tão perdida na beleza da dor e com movimentos elegantes, Natalie deixa de existir. É um intenso e às vezes brutal filme para se assistir. Houve momentos em que eu estava assistindo através de fendas minúsculas entre meus dedos tremendo. Mas vê-la neste papel valeu a noite de virar e se mexer na cama.
Eu, como muitos, em primeiro lugar fiquei profundamente apaixonada por Natalie no filme de Luc Besson, “O Profissional”. Um performance como ela oferece em o “Cisne Negro” afirma que a minha admiração profissional por ela estavam corretas. Agora, como os anos gentilmente me fizeram sua amiga (que é uma piada para Natalie), estou radiante de orgulho e quero somente que venha em minha casa para abraçá-la, dizer-lhe as coisas maravilhosas que penso sobre seu talento, esfregar seus pés cansados e ainda fazer um delicioso jantar.”
Esta semana começou a temporada de prêmios da crítica americana. Praticamente todas as maiores cidades dos EUA divulgam seus premiados.
Os indicados ao Globo de Ouro serão conhecidos no dia 14 de dezembro. Dois dias depois, é a vez do Sindicado dos Atores de Cinema (SAG) divulgarem os cinco melhores – tanto no cinema, quanto na TV.
(Fonte: Cinema é tudo isto!)