Moschino bota fogo na Semana de Moda de Milão

Na temporada do ‘See Now Buy Now’ que agita os ânimos das quatro capitais da moda, onde Nova York e Londres abraçaram a ideia, enquanto Milão e Paris não, Jeremy Scott injetou um lufar de rebeldia, descontração e talento no desfile Fall Winter 2016-2017 da Moschino.
O cenário era uma decadente residência em total destruição. Parece que Lady Moschino promoveu uma festa babadeira, com direito a todas as louquinhas do final dos anos 80 e botou fogo em tudo.
Sentados em sofás de veludo e chaise longues, os convidados ia se deliciando com a transição de todo o conceito da última década de XX, inspirada pela ideologia Renascentista. Num baile de debutante moderno, Lady Moschino chegou de bicicleta misturando jeans com tafetá, jaqueta de couro, correntes douradas e caveiras, enquanto cigarros se tornam brincos, que, irão queimar vestidos, saias, blusas e luvas, manteando até a fumaça, em alguns casos.
Aí, se as loucurinhas não bastassem, Lady Moschino entra vestindo um ‘lustre’ de cristais, ladies and gentlemen! É isto mesmo! Nem Vivienne Westwood, no auge de sua loucura criativa nos anos 90 teve esta ideia! É a rebeldia fashion mostrando suas garras depois de anos de caretas viagens setentinhas. Affff… Existe vida inteligente no moda feminina atual! Que alívio! Estava tudo uma mesmice que os desfiles masculinos eram os únicos respiros de inovação da moda atual. Tem noção?
Jeremy, seu safado, você é o gênio da lâmpada do momento! Continue assim!
Assinado: Jorge Marcelo Oliveira, um eterno rebelde que ama cinema, música e louquinhas fashion!

Um comentário

  1. Marc Jacobs em NY e Moschino em Milão. Os melhores da temporada até agora. Que venha Paris!

    Curtir

Os comentários estão fechados.