SPFWN42 | À La Garçonne

Para sua segunda coleção, a À La Garçonne apresenta em seu desfile roupas masculinas e femininas sem estação definida.
A marca de Fábio Souza e com direção criativa de Alexandre Herchcovitch valoriza o reuso de materiais e utiliza, na confecção de suas peças, tecidos feitos com material reciclado, antigos esquecidos nas prateleiras das tecelagens e até retirados de roupas vintage. Mas, sem radicalismos, também dá espaço a novos tecidos.

A La Garconne SPFW - N42 Outubro / 2016 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
A La Garconne – SPFW – N42 – Outubro / 2016 @ Ze Takahashi / FOTOSITE

O design das peças é contemporâneo e ao mesmo tempo carrega um forte perfume vintage, DNA da marca.
Nesta edição, além dos sapatos, bolsas e joias, a marca aposta em colaborações com empresas parceiras de malharia e alfaiataria para complementar o mix de produtos
Nesta coleção, as peças femininas continuarão sendo vendidas com exclusividade nas lojas NK Store de São Paulo e Rio de Janeiro, além da loja própria da marca que também contará com peças masculinas e infantis.
Sobre a À La Garçonne
“O vintage é o futuro!”, frase do empresário Fábio Souza, proprietário da marca que nasceu em 2009. Com forte apelo na sustentabilidade e no reuso de materiais, iniciou suas atividades vendendo roupas vintage garimpadas mundo afora e pequenos objetos de decoração.
Sempre com foco em estar presente em todo o lifestyle de seu cliente, expandiu em 2014 sua área de atuação também para os móveis antigos com forte apelo industrial, importados da Europa e Estados Unidos.
Em 2015 inaugurou um novo showroom com 500m2 no bairro de Pinheiros para abrigar todos os produtos em um único espaço.
Em abril de 2016 a novidade foi na moda. Com assinatura do estilista Alexandre Herchcovitch a marca começou a desfilar na São Paulo Fashion Week.