Os aneis mais caros do mundo

O anel faz parte da história do homem mesmo antes do nascimento de Cristo. Uma das primeiras referências que se tem deste adorno foi feita por Aristóteles, no ano de 350 a.C. O filósofo grego mencionou a existência de um oráculo que usava o tilintar sincronizado de dois anéis presos a fios, indicando o momento propício a uma determinada ação.
Tanto gregos, quanto romanos só permitiam o uso de aneis por pessoas ilustres. Eles eram confeccionados com ferro. O anel do Rei Salomão tinha uma estrela de seis pontas que, acreditava-se, tinha o poder de afastar todo o mal. Uma grande honra seria receber um anel de um príncipe ou soberano.aneis-de-brinquedo-reproducao
O aneis estão presentes na Igreja católica. Cada Papa tem o seu “anel do pescador”, por ter a imagem de São Pedro nele esculpida. Quando um Papa morre, este anel é quebrado para que nuca mais seja usado por outro Papa.
Do esoterismo ao ocultismo, os aneis começaram a ter papel muito importante, especialmente depois que se passou a utilizar pedras preciosas nas composições dos aneis. No esoterismo, as pedras teriam a capacidade de proteger, curar e, também, servir como amuletos. Quando da morte de seu dono, o anel era retirado para que a alma se desligasse mais facilmente do mundo material.
Já no ocultismo, existe até literatura contendo receitas de como criar os mais variados aneis que poderiam gerar poderes ocultos. Aneis quebrados significam promessas rompidas e a perda de um anel seria o prenúncio de uma desgraça.
No século IX, a Igreja passou a adotar alianças como símbolo de fidelidade entre marido e mulher. Porém, este hábito surgiu da cultura hindu. Os romanos acreditavam que pelo quarto dedo da mão esquerda, passava uma veia que estava ligada diretamente ao coração e por esse motivo este dedo foi o escolhido.
Hoje, o mercado de luxo se apropriou deste acessório e anualmente, surgem leilões que elevam os valores a patamares quase inalcançáveis.
Confira.
1. Anel Diamante Shawish – A joalheria suíça Shawish mostrou para o mundo o que um belo trabalho de lapidação pode fazer. A joalheria criou o primeiro anel feito totalmente de diamante. Ele foi confeccionado a partir de um único diamante de 150 quilates e está avaliado em cerca de US$70 milhões.Shawish Jewelry All-diamond Ring
2. Anel Diamante Graff Pink – O Graff Pink é um diamante rosa de 24,78 quilates, que já pertenceu ao joalheiro Harry Winston. Em novembro de 2010, o anel que carregava o Diamante Graff foi a leilão na Sotheby’s, vendido para Laurence Graff por US$46 milhões.anel-diamante-graff-pink
3. O anel com o Diamante Perfect Pink foi a leilão na Christie’s de Hong Kong em novembro de 2010. O diamante rosa de 14,23 quilates está classificado como VVS2 e não possui qualquer sinal de modificação de cor. O anel foi vendido por US$24,1 milhões.anel-diamante-perfect-pink4. Anel Chopard Diamante Azul – Há alguns anos, antes da revolução do anel de diamante da Shawish, o Anel Chopard Diamante Azul era o anel mais caro do mundo. Avaliado em US$16,26 milhões, o anel possui um diamante azul como pedra central, acompanhado de diamantes laterais, todos cravados em aro de ouro branco 18K.anel-chopard-diamante-azul5. Anel Bvlgari Diamante Azul – Em 1970, a Bulgari vendeu um anel com diamante azul para um colecionador de arte. Ele possui dois diamantes em destaque, um azul – 10,95 quilates – e outro incolor – 9,85 quilates. anel-bulgari-diamante-azul6. Anel Diamante Rosa Vívido – Por muitos anos, esse anel encabeçou a lista dos mais caros do mundo. Com um diamante rosa central, que pesa cinco quilates, a joia foi arrematada, em 2009, por US$10,8 milhões em um leilão, em Hong Kong.anel-diamante-rosa-vivido7. Anel Diamante Azul Vívido com diamantes rosas – Esse exemplar possui um enorme diamante azul de 6,01 quilates como peça central. O diamante azul é acompanhado por dois rosas, que pesam 0,46 quilates e 0,44 quilates. Os três diamantes repousam num aro de platina. O anel foi vendido por US$10 milhões, em um leilão na Sotheby’s Hong Kong. Esse preço foi um dos mais altos pagos por quilate de um diamante azul.diamante-azul-vivido-diamantes-rosas8. Anel Diamante Azul Vívido – Ele possui um diamante azul de 6 quilates, acompanhado por diamantes incolores nas laterais, todos cravados num aro de platina. O anel foi arrematado por US$7,9 milhões, em um leilão da Sotheby’s.anel-diamante-azul-vivido9. Anel com Diamante Azul Perfeito – Esse anel fez notícia com seu diamante azul de 7,01 quilates em lapidação retangular. Aparentemente, ele é simples: um solitário diamante azul cravado em um aro de platina. O diamante foi descoberto na mina Cullinan na África do Sul.anel-diamante-azul-perfeito10. Anel Golconda Diamante Rosa – O protagonista desse anel é um enorme diamante incolor de 30,31 quilates, descoberto nas minas de Golconda. O anel com o diamante na lapidação gota foi atração do leilão da Sotheby’s em 2011. anel-golconda-diamante-gota11. Anel Diamante Oval – Com um diamante oval de 46,51 quilates, classificado com pureza VVS2 e cor E, cravado em um aro de platina, ele foi vendido por US$4,2 milhões, em um leilão da Christie’s em Nova York.anel-diamante-oval12. Anel Chopard Esmeralda – Esse anel da Chopard, avaliado em US$2,14 milhões, possui uma enorme esmeralda que pesa 33,02 quilates. O aro feito de platina e é cravejado de diamantes.

anel-chopard-esmeralda(Fonte: Poesie)