Bafta 2017 | ‘La La Land: Cantando Estações’ ganha cinco estatuetas na premiação britânica

“La La Land: Cantando Estações” foi o grande vencedor do Bafta 2017, maior prêmio do cinema britânico, ao levar neste domingo (12) cinco estatuetas – Filme, Diretor (Damien Chazelle), Atriz (Emma Stone), Canção Original e Fotografia. Se alguém tinha alguma dúvida que ele será o vencedor do Oscar de 2017… Pois é!

Bafta 2017 Emma Stone - Melhor Atriz por La La Land @ Aff
Bafta 2017 Emma Stone – Melhor Atriz por La La Land @ Aff

Já o longa “Eu, Daniel Blake”, do diretor Ken Loach, levou o prêmio de filme britânico.
Casey Affleck, de “Manchester à beira-mar”, foi o vencedor na categoria de ator. Viola Davis ganhou o prêmio de atriz coadjuvante por “Um limite entre nós”.

Bafta 2017 Casey Affeck - Melhor Ator por Manchester Á Beira-Mar @ AFF
Bafta 2017 Casey Affeck – Melhor Ator por Manchester Á Beira-Mar @ AFF

A surpresa ficou com a escolha de Dev Patel (“Lion: Uma jornada para casa”) como ator coadjuvante. Alívio ter alguma premiação que fuja do óbvio.

Bafta 2017 Viola Davis - Melhor Atriz Coadjuvante por 'Um Limite Entre Nós' @ AFF
Bafta 2017 Viola Davis – Melhor Atriz Coadjuvante por ‘Um Limite Entre Nós’ @ AFF

“Lion” também rendeu a Luke Davies a estatueta na categoria de roteiro adaptado, enquanto “Manchester à beira-mar” original.

Bafta 2017 Dev Patel - Melhor Ator Coadjuvante por 'Lion' @ AFF
Bafta 2017 Dev Patel – Melhor Ator Coadjuvante por ‘Lion’ @ AFF

Na categoria de animação, “Kubo e as Cordas mágicas” foi o escolhido dos britânicos. Ele não está indicado ao Oscar nessa categoria.
Tom Holland, o novo Homem-Aranha, foi eleito pelo público como a revelação do ano pela atuação em ‘Vingadores: Guerra Civil’. bafta-2017-kate-middleton-e-william-aff
A premiação ainda contou com a presença do príncipe William e sua mulher, Kate Middleton.
Filme: La La Land: Cantando Estações
Filme Britânico, Eu, Daniel Blake
Filme de diretor, roteirista ou produtor britânico estreante: “Under the shadow” (Babak Anvari, roteirista e diretor; Emily Leo, produtor; Oliver Roskill, produtor; Lucan Toh, produtor)
Filme em língua estrangeira: “O filho de Saul” (Lázló Nemes”)
Documentário: “A 13ª emenda” (Ava DuVernay)
Animação: “Kubo e as cordas mágicas” (Travis Knight)
Diretor: Damien Chazelle (“La la land: Cantando estações”)
Roteiro original: Kenneth Lonergan (“Manchester à beira-mar”)
Roteiro adaptado: Luke Davies (“Lion: Uma jornada para casa”)
Ator: Casey Affleck (“Manchester à beira-mar”)
Atriz: Emma Stone (“La la land: Cantando estações”)
Ator coadjuvante: Dev Patel (“Lion: Uma jornada para casa”)
Atriz coadjuvante: Viola Davis (“Um limite entre nós”)
Canção original: Justin Hurwitz (“La la land: Cantando estações”)
Fotografia: Linus Sandgren (“La la land: Cantando estações”)
Montagem: John Gilbert (“Até o último homem”)
Desenho de produção: Stuart Craig e Anna Pinnock (“Animais fantásticos e onde habitam”)
Cabelo & maquiagem: J. Roy Helland e Daniel Phillips (“Florence: Quem é essa mulher?”)
Som: Claude La Haye, Bernard Gariépy Strobl e Sylvain Bellemare (“A chegada”)
Efeitos visuais: Robert Legato, Dan Lemmon, Andrew R. Jones e Adam Valdez (“Mogli: O menino lobo”)
Revelação (voto do público): Tom Holland