Tudo o que rolou na Billboard Music Awards 2017

Drake foi o grande vencedor do Billboard Music Awards 2017. O rapper canadense levou 13 troféus para casa, incluindo melhor artista, artista masculino e artista de rap. Assim, ele se tornou o artista mais premiado no evento em uma única noite. Detalhe: ele venceu o excepcional ‘Lemonade’ de Beyoncé – o álbum que definiu 2016, que levou ‘apenas’ cinco prêmios. Ou seja…

BBMA 2017 Drake @ Twitter

Sem qualquer vestígio de Beyoncé, Adele, Rihanna, Lady Gaga, Madonna, Katy Petty, Ariana Grande, Cher – a Diva Máxima da Música Pop – reinou sozinha. Aos 71 anos, ela apresentou ‘Believe’, sucesso de 1998, seguido por ‘If I Could Turn Back Time, de 1989.

Impressionou pela ótima forma física, fôlego e… Claro, ousadia! Quantas mulheres de 71 anos usariam dois looks tão reveladores e arrasariam com a cara das novatas? Pois é… Depois das performances, ela recebeu das mãos de Gwen Stefani, o Iconic Award.

BBMA 2017 Cher @ Getty Images

No discurso de agradecimento, ela revelou: “Sempre quis fazer o que fiz, desde os quatro anos. Ontem fiz 71 anos. Quando eu era jovem minha mãe falou: ‘você não vai ser a mais bonita, a mais inteligente, mas você vai ser especial'”, disse. “Trabalhei com as melhores pessoas do ramo. A sorte teve muito a ver com o que aconteceu comigo”, concluiu.


O segundo melhor momento da noite coube a veterana Celine Dion, com uma apresentação impactante de ‘My Heart Will Go On’, que completou 20 anos em 2017. À bordo de um polêmico vestido branco com maxi mangas presunto, a diva canadense foi ovacionada em pé por uma plateia majoritariamente jovem.

BBMA 2017 Celine Dion @ Getty

Outros bons momentos foram a apresentação de Drake, com direito a fogos de artifício no final e Lorde arrasando na excelente ‘Green Light’.
Dois momentos estranhos foram Miley Cyrus, que resolveu ‘enterrar’ sua excelente fase “Wrecking Ball’, assumindo as origens da country music com a sem graça ‘Malibu’, com direito a fotos ao lado da família sertaneja, liderada pelo pai, Billie Ray. Perdeu todos os pontos na escala Diva de ser. Outro momento foi na entrega do prêmio Top Hot 100 Song. Halsey, vocalista convidada da dupla ‘The Chainsmokers’, agradeceu, mas disse que achava que a música do Drake deveria ganhar. Oi?
Confira os premiados da noite:
Top Artist: Drake
Top New Artist: Zayn
Billboard Chart Achievement Award: Twenty One Pilots
Top Male Artist: Drake
Top Female Artist: Beyonce
Top Duo/Grupo: Twenty One Pilots
Top Billboard 200 Artist: Drake
Top Hot 100 Artist: Drake
Top Song Sales Artist: Drake
Top Radio Songs Artist: Twenty One Pilots
Top Social Artist: BTS
Top Streaming Songs Artist:Drake
Top Touring Artist: Beyonce
Top R&B Artist: Beyonce
Top R&B Tour: Beyonce
Top Rap Artist: Drake
Top Rap Tour: Drake
Top Rock Artist: Twenty One Pilots
Top Rock Tour: Coldplay
Top Dance/Electronic Artist: The Chainsmokers
Top Billboard 200 Album: Drake, Views
Top Soundtrack/Cast Album: Hamilton: An American Musical
Top R&B Album: Beyonce, Lemonade
Top Rap Album: Drake, Views
Top Dance/Electronic Album: Lindsey Stirling, Brave Enough
Top Hot 100 Song: The Chainsmokers Featuring Halsey, “Closer”
Top Selling Song: Justin Timberlake, “Can’t Stop The Feeling!”
Top Radio Song: Justin Timberlake, “Can’t Stop The Feeling!”
Top Streaming Song (Audio): Drake Featuring WizKid & Kyla, “One Dance”
Top Streaming Song (Video): Desiigner, “Panda”
Top Collaboration: The Chainsmokers Featuring Halsey, “Closer”
Top R&B Song: Drake Featuring WizKid & Kyla, “One Dance”
Top R&B Collaboration: Drake Featuring WizKid & Kyla, “One Dance”
Top Rap Song: Desiigner, “Panda”
Top Rap Collaboration: Rae Sremmurd Featuring Gucci Mane, “Black Beatles”
Top Rock Song: Twenty One Pilots, “Heathens”
Top Dance/Electronic Song: The Chainsmokers Featuring Halsey, “Closer”