Grammy 2018 | O que teve

O cantor Bruno Mars ganhou os principais prêmio do Grammy 2018 na noite de domingo, em outra vitória para a música pop sobre o rap, que atualmente é o gênero musical mais popular nos Estados Unidos.
Mars ganhou em seis categorias, incluindo a música do ano por seu hit “That’s What I Like”, e tanto gravação quanto álbum do ano com “24K Magic”.
“Essas músicas foram escritas com nada além de alegria, amor, e isso foi tudo que eu quis trazer com esse álbum, ver todo mundo dançando”, disse Mars, de 32 anos.
Ele também homenageou seus competidores na categoria de álbum do ano –Jay-Z, Kendrick Lamar, Childish Gambino e Lorde– dizendo: “Obrigado, pessoal, por abençoar o mundo com suas músicas”.
A vitória de Mars impediu que Lamar e Jay-Z se tornassem os primeiros artistas de hip-hop em 14 anos a levar para casa o disputado prêmio de álbum do ano.
Lamar, de 30 anos, visto como um dos rappers mais inovadores de sua geração, recebeu cinco prêmios, principalmente em categorias de rap por seu álbum “DAMN.” e o single “Humble.”.
O rap se tornou o maior gênero musical dos Estados Unidos em 2017, segundo a Nielsen Music.
O veterano Jay-Z, cujo álbum “4:44” entrou na premiação com oito indicações, não ganhou nenhum prêmio e escolheu não se apresentar durante a cerimônia de três horas de duração.
Mesmo sem estar presente, o britânico Ed Sheeran levou os prêmios de Performance Solo de Pop (derrotando P!nk e Lady Gaga) e Álbum de Pop com Vocal (derrotando Coldplay, Lana Del Rey e Lady Gaga). Na categoria Performance de duo ou grupo Pop, Portugal.The Man (‘Feel it Still) foi o vitorioso. Alessia Cara foi eleita a Nova Artista.

Lady Gaga se apresenta na cerimônia do Grammy 2018 @Lucas Jackson.Reuters

Mesmo sem um prêmio, Lady Gaga fez uma ótima apresentação ao piano de Joanne e Million Reason.

Outros bons momentos foram Logic, Alessia Cara e Khalid pela emocionante 1-800-273-8255.

Kesha se apresentou ao lado de Camila Cabello, Cyndi Lauper, Julia Michaels, Bebe Rexha, Andra Day e o Resistance Revival Chorus na canção ‘Praying’. Todas usaram branco – simbolizando o apoio a campanha ‘Time’s Up’.

O momento ‘what the fuck’ foi a performance entre veterano Elton John e a Miley Cyrus na canção ‘Tiny Dancer’, lançada em 1971. Nada contra Elton, mas… Veja bem… Miley deu uma guinada na carreira em 2013 quando radicalizou no visual, comportamento e estilo musical. Lançou o excelente clipe ‘Wrecking Ball’, onde aparecia pelada, fez ousadas (e divertidas) performances ao vivo, levou um ‘sem teto’ para agradecer um prêmio levou prêmio da MTV e… Ano passado, voltou a ser ‘Hanna Montana’, com aquela mesma imagem de menina comportada… Agora, se apresenta ao lado de um cantor veterano dos anos 70? Affffff…

Na plateia, Beyoncé reinou como uma Diva ao lado da filha Blue Ivy e do marido derrotado, Jay-Z.

Jay-Z, Blue Ivy e Beyonce Grammy 2018 @ Getty