Decoração | A arte milenar de produção do cristal Murano

Utilizadas no design de interiores, as peças de murano são clássicas e valorizam o ambiente – independentemente do estilo da decoração. De fabricação artesanal, são peças únicas, com design e cores exclusivos.
Os muranos têm como principais características as cores vivas, mescladas e os vidros grossos. Para quem não quer arriscar em tons mais ousados, a aposta é nas cores neutras, como o branco, o preto e os transparentes.

Processo de produção

A fabricação de artigos em vidro ou cristal de murano, como também é conhecido, não sofreu grandes intervenções tecnológicas ao longo dos anos. Consolidado no arquipélago de Murano, à 1 km do centro de Veneza (Itália), no século 12, o trabalho em vidro consiste em uma técnica artesanal. A peça é esculpida por profissionais que utilizam habilidades manuais e o sopro, que dá a forma inicial ao produto.
Em alguns casos também são usadas outras ferramentas, como pinças e tesouras, que auxiliam no acabamento de cada peça. O que mudou com o passar do tempo foi uma evolução em formas, desenhos, cores e nos procedimentos de produção.

As fotos que ilustram esse artigo são ambientes assinados pela arquiteta Adriana Bellão.