Os lançamentos da Vitra no Salone Del Mobile 2018 em Milão

A Vitra levou ao Salone del Mobile 2018 peças assinadas por nomes como Charles e Ray Eames, Jasper Morisson e Maarten Van Severen.
A cadeira Eames Fiberglass foi lançada no mercado em 1950, com uma nova tipologia de mobiliário que, desde então, tornou-se muito comum: a multifuncional, com diversas opções de acabamentos e que pode ser criada para atender a todos os tipos de uso. Com a enorme popularidade da peça, a opção de escolha de material e cores também se expandiu. Produzida pela Vitra desde 1957, a Fiberglass Chair é reconhecida há décadas como um item de design clássico.
Originalmente criada para ser um produto de valor acessível, com opções de uso em residências, escritórios, projetos comerciais, auditórios, estádios e em tantos outros locais, as cadeiras feitas com fibra de vidro tornaram-se peças antiquadas, devido às avançadas técnicas e materiais mais baratos que surgiram ao longo dos anos. Isto levou a Vitra a interromper a produção do modelo no início dos anos 90. Após 10 anos, a marca o lançou novamente na versão de polipropileno nas cores Elephant Hide Grey (cinza escuro), Parchment (bege), Sea from Green (verde), Raw Umber (Cru), Red Orange (Coral) e Navy Blue (azul marinho).

Eames Fiberglass Chair @ divulgação

Plate Dining Table – Coleção Jasper Morrison – Reconhecido por ‘pensar fora da caixa’, Jasper Morrison é um dos mais famosos designers industriais das últimas décadas. Seus produtos são expostos no Museu de Arte Moderna de Nova York e em diversos museus ao redor do mundo. Vitra e Jasper Morrison desenvolveram e realizaram um grande número de projetos juntos nos últimos anos.
Agora, no Salone del Mobile, em Milão, a Vitra apresenta versões reeditadas e novas peças assinadas pelo designer britânico, como a Plate Dining Table. Assim como os itens desenhados por Morrison em colaboração com a marca suíça, a Plate Dining Table reflete os princípios de sua filosofia de desing ‘supernormal’. A combinação de elementos estéticos e detalhes estruturais fazem da Plate Dining Table uma peça ideal para compor qualquer ambiente interno. Ela está disponível em diversos tamanhos e cores, com tampos em madeira, vidro ou MDF.

Plate Dining Table – Coleção Jasper Morrison @ divulgação

Marteen Van Severen Collection – Colour Update – Marteen Van Severes desenhou sua primeira peça nos anos 80. Seu trabalho era focado em examinar itens básicos, como cadeiras, mesas, espreguiçadeiras, prateleiras e gabinetes. Sua colaboração com a Vitra começou em 1995, com a criação da cadeira .03, que trazia, como diferencial, a construção em poliuretano, um material não usual para aquela época. Ao mesmo tempo, isso marcou a intensa exploração de cores por Van Severen, já que o primeiro modelo da .03 era extremamente escuro. Após alguns estudos de cores e de como combina-las com móveis, Van Severen lançou uma série de cores claras, em alguns casos até vibrantes, para os desenhos de peças para sua coleção com a Vitra. Os itens de poliuretano estão sendo agora reapresentados em três cores originais: Mango (Laranja), Mint (verde claro) and Dark Green (verde escuro), que podem ser harmoniosamente combinados com peças em uma infinidade de tons, da Vitra Color & Material Library.

Marteen Van Severen Collection – Colour Update @ divulgação

Plywood Group – Assinado por Charles e Ray Eames, 1945-1946 – No início dos anos 40, Charles e Ray Eames gastaram alguns anos desenvolvendo uma técnica para modular madeira maciça em formas tridimensionais, para criar formas de cadeiras que seguissem os contornos do corpo humano. Eles chegaram a este resultado em 1945, com as cadeiras do Plywood Group, que se tornou uma linha de clássicos com designs ainda atuais. No Salone Del Mobile, em Milão, a Vitra apresenta o Plywood Group em novas configurações.
O sistema de produção do Plywood Group é composto por camadas de madeira maciça dobradas. As superfícies delicadamente curvas dos encostos finos de madeira e dos assentos dão suporte para o corpo. Graças à forma orgânica dos assentos e aos encostos ligeiramente flexíveis, essas compactas cadeiras oferecem grande conforto – mesmo nas versões sem estofamento. Os assentos das cadeiras do Plywood Group podem ser combinados com diferentes bases, criando modelos com várias alturas. As cadeiras estão recentemente disponíveis com assentos em tons de madeira escura ou clara. As novas opções de acabamento dão à peça um design leve e elegante, enquanto os contornos lineares limpos das pernas – que se assemelham ao desenho original – proporcionam leveza e graça.
Ainda no Plywood Group, é possível encontrar a mesa CTM e o divisor de ambientes Folding Screen, que podem ser desenhados com novos acabamentos de madeira.

Plywood Group – Charles e Ray Eames 1945-1946 @ divulgação