Nomes da Moda: Issey Miyake

Autodenominando-se designer de roupas, Issey Miyake tem explorado maneiras com as quais fazer peças que permitirão àquele que usa maior individualidade, conforto e liberdade.
Ele ficou conhecido por trabalhar com uma técnica de plissado – criada pelo próprio – e por ser um mestre do mix and matching – combinação de listras, estampas e cores com perfeição.
Movido por uma incansável curiosidade, Miyake tem continuamente procurado redefinir a relação entre a roupa e o corpo, fazendo criações com técnicas que incorporam a tradição bem como a tecnologia mais recente.
“Curiosidade e felicidade estão no cerne de meu trabalho. O design nunca é estático, mas só é possível após constantes trocas de idéias, estética e sensibilidades. As roupas não interessam exceto na medida em que provoquem sentimentos e reações naqueles que as usam. Eu crio, não para expressar meu ego ou personalidade, mas para tentar trazer respostas a aqueles que estão se perguntando sobre nossa era e como deveríamos viver nela.” afirma o criador.
Nascido em Hiroshima, Japão em 1938, após estudar em Paris e Nova York, em 1970, Miyake retornou a Tóquio, onde estabeleceu o estúdio de design. Em 1973, apresentou sua primeira coleção em Nova York. Desde, então, apresentou todas as coleções subsequentes em Paris.
No coração das roupas de Miyake fazer filosofia é a idéia de criar uma vestimenta de “uma peça de tecido”; e a exploração do espaço entre o corpo humano e o tecido que o cobre. Seu enfoque ao design tem sempre sido manter um equilíbrio consistente entre a tradição e a inovação: feito à mão e nova tecnologia. DOBRAS POR FAVOR, que nasceu em 1993, é uma forma radical, mas eminentemente prática de roupa contemporânea: combina uma idéia antiga de envolver uma figura tri-dimensional com material bi-dimensional usando dobras, com nova tecnologia, funcionalidade e beleza.
Em 1998, Miyake retornou a seu amor original por pesquisa e exploração, embarcando num novo projeto com o colaborador Dai Fujiwara, chamado A-POC (Uma Peça de Tecido).
Através de exploração das possibilidades entre criatividade e tecnologia digital Miyake desafia as maneiras tradicionais com as quais fazemos as coisas.
Ele acredita que a resposta ao futuro da confecção de roupas está em A-POC: uma viagem que começa com uma única peça de linha, que cria tecido, textura e uma vestimenta completamente terminada, ou seus componentes em um único processo, ao terminar. Independentemente do ano, a roupa de Miyake é sempre única e não está completa até que o usuário a coloque em seu corpo.
Em fevereiro de 2004, Miyake estabeleceu a Fundação Miyake Issey cujos objetivos são preservar o arquivo existente, além de apoiar e desenvolver jovens artistas e seus trabalhos.
Desde 2007, a Fundação também opera 2121 DESIGNS SIGHT assim preenchendo o sonho de Miyake de trazer um espaço devotado ao cultivo de todos os meios de design, ao Japão.
Suas roupas são consideradas as mais ‘usáveis’, dentre as criações dos mestres japoneses.
Miyake recebeu inúmeros prêmios, incluindo:
1993 Chevalier de L’Ordre National de la Legion d’Honneur, do governo Francês
1998 Bunka Kourousha, a Pessoa de Méritos Culturais, do governo Japonês
2004 O 11º Prêmio Wexner do Wexner Center, Ohio State University
2005 The Praemium Imperiale Sculpture Prize da Associação de Arte do Japão
2006 O 22º Prêmio, na categoria de Artes e Filosofia.
Sua linha de fragrâncias tem reconhecimento internacional. 

Um comentário

Os comentários estão fechados.