Antropóloga lança livro “Caiu na Net: Nudes e exposição de mulheres na internet”

A doutora em antropologia e pesquisadora Beatriz Accioly Lins lança o livro Caiu na Net: Nudes e exposição de mulheres na internet, no qual o foco está na figura da mulher que sofre infinitamente mais com essa divulgação se comparada ao homem.

“Após acompanhar, para minha tese de doutorado, a rotina dentro de duas delegacias de defesa da mulher, percebi o aumento dos registros de ameaças e chantagens ligados às novas tecnologias, principalmente o uso dos smartphones”, contou Beatriz Accioly.

A autora conduz o leitor pela trilha dessas imagens vítimas de julgamentos morais, acusações e até perseguições. Sua pesquisa acompanhou ativistas, gestores públicos, juristas, jornalistas e pesquisadores a fim de elucidar as consequências desses atos e, também, como o Direito pode ajudar a vítima. Nesses casos, o advento das redes sociais e da sociedade cada vez mais conectada, se torna um inimigo implacável que atua em prol de quem visa constranger, intimidar e até aliciar alguma mulher.
Para a autora de “Caiu na Net”, tais materiais ilustram a desigualdade e circunstancial violência de gênero que sofrem dentro dessa temática. Se para algumas mulheres o ‘nude’ representa novas experiências de paquera e sedução, essa atitude pode vir a se reverter em chantagem quando aquela imagem deixa de ter um ou dois conhecedores e passa a ser acessada por milhares de pessoas, o que configura o chamado “vazamento”.

“A tipificação penal em 2013, quando houve o ‘boom’ dos celulares no país, dificultava o trabalho da polícia. À época, pegamos emprestado o termo ‘pornografia de vingança’ da língua inglesa, na falta de termos uma nomenclatura nossa”, explica Beatriz.

O julgamento que antes só se via em tribunais se potencializou na internet. A pessoa que é exposta em sua intimidade nas redes sociais é taxada como sem valor e sofre um linchamento social muitas vezes pior que o veredito de uma ação de danos morais que possa ser movido contra o divulgador das fotos.

Sobre a autora

Beatriz Accioly Lins @ divulgação

Beatriz Accioly Lins é antropóloga, doutora e mestra em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo, além de pesquisadora do Núcleo de Estudos sobre Marcadores Sociais da Diferença (NUMAS-USP). Desenvolve pesquisas sobre acesso a direitos, noções e percepções de justiça em se tratando de violência contra mulheres e suas interseções com marcadores sociais da diferença.
Também é autora do livro “A lei nas entrelinhas: a Lei Maria da Penha e o trabalho policial”; (Ed. Unifesp, 2018) e co-autora do livro “Diferentes, não desiguais: a questão de gênero na escola”; (Reviravolta, 2016).
Preço: R$ 59,00 (Editora Telha)

Sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.