Esmeraldas são as estrelas de maio

Desde o início do pensamento humano, a esmeralda é considerada uma das pedras mais preciosas e desejadas em diversas civilizações. O nome é derivado da palavra Smaragdos, que em grego significa pedra verde ou apenas verde. Na antiguidade, qualquer pedra esverdeada era denominada dessa forma, contudo, o tom profundo da gema fez com que a esmeralda fosse conhecida como a “deusa verde de todas as pedras”.
As primeiras esmeraldas foram descobertas há cerca de cinco mil anos, no Egito. Posteriormente, a região de onde eram extraídas as gemas, próxima ao Cairo, recebeu o nome de Minas de Cleópatra, em homenagem à lendária rainha conhecida por usar diversas esmeraldas como adornos em suas vestes. Os egípcios chamavam a esmeralda de Pedra do Amor e acreditavam que ela poderia trazer a fertilidade e a reencarnação. As múmias eram sepultadas com esmeraldas ao redor de seus pescoços com a esperança de que as gemas pudessem oferecer juventude eterna.

Esmeralda @ divulgação

Os gregos associavam a gema à vitória em guerras e como um símbolo do amor eterno. Por essa razão, ela também foi ligada à Afrodite, a deusa do amor. Durante o Império Romano, a pedra era bastante ligada à restauração da saúde dos olhos. Acreditava-se que Nero, o tirânico imperador romano, usava lentes feitas de esmeraldas para proteger seus olhos enquanto observava os gladiadores batalhando.
Embora a esmeralda tenha desempenhado um papel importante na história do Egito, Grécia e Roma, os mais belos exemplares da gema estavam abrigados em solo latino americano e só foram descobertos quando os espanhóis chegaram ao Novo Mundo, por volta do século XVI.
Hoje, a maior parte das esmeraldas é extraída da Colômbia, Brasil e Zâmbia. Se antes eram símbolos da realeza, nos tempos modernos, as esmeraldas são muito associadas às celebridades e continuam entre as pedras preciosas mais cobiçadas do mundo. Na era dourada hollywoodiana, a gema conquistou Marlene Dietrich, que adorava broches e braceletes de esmeraldas. Um de seus braceletes contava com um exemplar de 97 quilates!
Dicas

A capixaba Carla Buaiz se encantou por trabalhos artesanais ainda na faculdade, a partir da paixão Carla fez cursos de escultura, ourivesaria e depois de dois anos produzindo artesanalmente suas próprias joias. Além da flagship na Praia do Canto, em Vitória, as joias Carla Buaiz podem ser encontradas no Rio de Janeiro e em São Paulo, além do e-commerce da marca.

Brinco Esmeralda Carla Buaiz @ divulgação

Pensando nas gemas a joalheria Monte Carlo lançou a Quinzena das Pedras. Todas as joias com pedras preciosas estão com 20% de desconto até o dia 28/05. A promoção é válida para todas as lojas e site da marca. O desconto não é válido para as joias da nova coleção e para as que tenham só diamante.

Pingente Esmeralda – Monte Carlo @ divulgação

O nome de família é a declaração máxima da carioquice de Roberta do Rio, joalheira com bagagem do universo da moda e paixão pelas artes. A partir do interesse pela expressão artística da pintura, escultura e fotografia, Roberta busca reproduzir sua própria idealização do belo na criação de joias. O estilo tem alma carioca e uma versatilidade que permite vestir as mesmas joias o dia todo, em qualquer ocasião.

Anel ‘Stephanie’ de Esmeralda – Roberta do Rio @ divulgação