Mercado de luxo deve crescer entre 6% e 8% em 2018

Uma tendência positiva em todas as regiões deve impulsionar o Mercado de Luxo entre 6% e 8% ainda em 2018. “China” e “millennials” continuam sendo as palavras-chave de uma indústria que pode chegar a € 390 bilhões globalmente em vendas até 2025.

Anel Jade Oval com diamantes em ouro 18K de Wallace Chan – vendido em leilão chinês por U$902.856 mil @ Reuters

Essas são as principais descobertas da Bain & Company, principal consultora mundial para a indústria global de bens de luxo, em parceria com a Altagamma, fundação italiana de fabricantes de artigos de luxo.

Bracelete Rubi Burma, Blue Sapphire, Esmeraldas Colombianas – Dinastia Mongol U$300 mil

O estudo mapeou quatro tendências que estão moldando os produtos de luxo pessoal em 2018:

  • Clientes chineses em primeiro lugar: os consumidores chineses serão uma nacionalidade-chave para impulsionar o crescimento do mercado de luxo. Os compradores de luxo na China são jovens, cada vez mais conhecedores de moda e bem conscientes da equação de preço-valor.
  • Cliques: vendas on-line continuam a ganhar terreno, à medida que os limites se confundem entre os canais físicos tradicionais. As mídias sociais também continuam a influenciar as compras, especialmente para consumidores mais jovens.
  • Casual e streetwear: as categorias de streetwear tiveram um crescimento de destaque em 2017, impulsionadas pelos ambientes mais casuais de trabalho e jovens compradores de artigos de luxo. Esse segmento continua a ser uma alavanca fundamental para atrair novos clientes.
  • Consolidando o novo “normal”: o volume está impulsionando o crescimento do mercado, não apenas os aumentos de preços. As flutuações da taxa de câmbio estão redistribuindo os gastos entre as regiões, mas sem afetar o crescimento global.
Bolsa Urban Satchel Louis Vuitton U$$150 mil @ Reuters

De olho em 2025, a Bain & Company espera, a taxas de câmbio constantes, um crescimento de 4% a 5% ao ano, o que aumentará o tamanho do mercado para entre € 366 bilhões e € 390 bilhões.

“As marcas de luxo devem se ver como mestres de seu próprio destino. Os clientes estão respondendo às estratégias bem direcionadas, e as marcas de melhor desempenho já estão conquistando os clientes de amanhã”, finaliza Federica Levato, sócia da Bain e coautora do estudo.

Sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.