O mundo de anjos e demônios de Cassandra Clare

As Peças Infernais @ Acervo Micaela Huertas

Artigo assinado pela livreira Micaela Huertas – Especial para o MONDO MODA

Com o pseudônimo de Cassandra Clare, Judith Lewis tornou-se uma das escritoras de Literatura Fantástica mais lidas e vendidas do mundo. Sua estreia aconteceu em 2007 com o primeiro volume da série “Instrumentos Mortais” (Shadow Hunters), “Cidade dos Ossos”.
Leitora voraz desde a infância, Cassandra começou escrevendo fanfics de Harry Potter e O Senhor dos Anéis, tornando-se a escritora mais famosa deste gênero. Com público garantido entre os leitores de suas fanfics, o sucesso de “Cidade dos Ossos” foi imediato.
Esta estreia conta com cinco volumes. O primeiro tornou-se filme em 2013 e foi decepcionante. Tudo é forçado: cenas, atores, efeitos, falas. E as tradicionais mudanças de livro pra roteiro retiraram o brilho da história. Metade do que cativa o leitor ficou de fora, de forma inexplicável. Com o fracasso de bilheteria, os filmes da sequência foram cancelados.
Na sequência, surgiu a série homônima que durou três temporadas. Só gostava quem não tinha lido os livros. Os mesmos erros do filme: retiraram o melhor e não substituíram de forma agradável.
Voltando aos livros. Com o sucesso da estreia, Cassandra lançou mais duas que se passavam no mesmo universo, mas em épocas diferentes.

As Peças Infernais @ Acervo Micaela Huertas

“As Peças Infernais” é uma trilogia que acontece em tempos anteriores a “Instrumentos Mortais” e mostra o passado das famílias de Caçadores de Sombras, ou anjos, que compõem o enredo desta. Já a trilogia “Os Artifícios das Trevas” acontece cinco anos depois do fim de “Instrumentos Mortais”.
“Anjo Mecânico”, “Príncipe Mecânico” e “Princesa Mecânica” nos contam a saga de Tessa Gray descobrindo a existência do Mundo das Sombras, de uma luta eterna entre anjos, demônios e integrantes do submundo (vampiros, lobisomens, feiticeiros e fadas), qual seu papel em tudo isso e, principalmente, quem é.
São estórias envoltas de mistério, fantasia, romance, ação e emoções que só uma boa aventura por mundos que gostaríamos que existissem pode nos trazer.
Uma saga excelente para nos acompanhar ou aos adolescentes de férias. O texto é leve e causa aquela necessidade de chegar rápido ao final. Come-se um livro por semana com facilidade.
No sebo tenho os dois primeiros volumes de “As Peças Infernais” a partir de R$ 13,00. Exemplares novos são encontrados a partir de R$ 34,00.

Um comentário

Os comentários estão fechados.