Os mais abusados looks da história do Video Music Award (VMA)

Diferente do bom gosto (e caretice, em alguns casos…) que domina as outras premiações, o tapete vermelho do VMA é a… Liberdade! Diferentes, alternativas, estranhas, peladas, ou ‘supostamente’ de mau-gosto, é um espaço para ousadias de estrelas que não seguem regras.
Sem a pressão pela imagem ‘limpinha’ das estrela do cinema e da televisão, as cantoras abusam e chocam. É um delicioso exercício da ‘anti-estética’ da harmonia que rege os manuais de instruções das consultoras de moda.

Cher

Uma das precursoras desse conceito de liberdade é, sem dúvida, Cher. Sem se preocupar com a opinião de ninguém, a cantora e atriz sempre vestiu aquilo, com escolhas que flertaram com o mau-gosto ou da breguice, mas, sempre com muita personalidade. Cher tem estilo. Sendo assim, ela é fiel e segura com facilidade suas escolhas.

2010 Cher – VMA’s @ Getty

Outras também ousaram. Entraram em listas de ‘pior’ ou ‘melhor’ da moda, coisa antiga que, infelizmente, ainda domina o mundo. Confira algumas dessas escolhas.