Nem Madonna, Nem Christina Aguilera… Saiba quem foi ‘Madame X’

Quatro anos depois do lançamento de ‘Rebel Heart’, Madonna divulgou o nome de seu novo e 14º álbum da carreira: “Madame X”. A data de lançamento, porém, ainda é desconhecida.
Depois de alguns dias de mistério, no domingo, 14, a cantora publicou no Insta três vídeos na rede social, um deles mais longo que explica mais ou menos do que se trata o disco.
Ela irá encarnar diferentes personalidades em seu novo trabalho. Ela aparece loira, morena, com diferentes roupas e atitudes.

“Madame X é uma agente secreta, viajando pelo mundo, mudando identidades, lutando pela liberdade, trazendo luz a lugares escuros. Ela é uma dançarina, professora, chefe de Estado, governanta, uma equestre que tem habilidades em montaria, uma prisioneira, uma estudante, mãe, criança, professora, freira, uma cantora de cabaré, uma santa, uma prostituta”, diz a cantora. Por fim, ela afirma que “Madame X é uma espiã na casa do amor”.

‘Madame X’ precisa ‘bombar’, uma vez que, desde ‘Confessions on a Dance Floor (2005), vencedor do Grammy como Melhor Álbum Eletrônico/Dane’, ela não acertou a mão. Hard Candy (2008), MDNA (2012) e Rebel Heart (2015) não foram ruins, mas estão longe de serem bons!
Enfim… Aos 60 anos, ela tenta se renovar (se ainda é possível…) e se prepara para apresentar duas canções na final do Eurovion Song Conquest 2018, no dia 18 de maio, emTel Aviv, Israel. Lembrando que, Eurovision é considerado o supra-sumo da cafonice européia…
Plus: lembrando que, entre as parcerias do novo álbum, Anitta e cantor colombiano Maluma….

Os tempos estão bicudos! Até para Madonna…

O ‘X da Madame

‘Madame X’ foi a inspiração de Christina Aguilera para o álbum ‘Bionic’, lançado em 2010, detonado pela crítica e fracasso nas vendas.
A inspiração de X-Tina foi Virginie Amélie Avegno Gautreau, socialite retratada na tela ‘Madame X ou o Retrato de Madame X’, assinada pelo pintor ítalo-americano John Singer Sargent, que escandalizou a sociedade francesa em 1884. Christina Aguilera - Madame X - Bionic @ Reprodução
Apontada como adúltera pelos inúmeros casos amorosos quando casada com o banqueiro americano Pierre Gautreau, na tela, Virginie surgiu altiva, ereta, com os braços envergados e o rosto olhando para o lado, em perfil, e a ostentação da pele branca foram atribuídos ao conceito raça superior e mais próxima a Deus.

Madame X by John Singer Sargent 1884 @ Reprodução
Madame X by John Singer Sargent 1884 @ Reprodução

O vestido negro em cetim, com decote generoso e metais em suas alças acentuou em contraste com a alva pele e o fundo marrom que condecorava a modelo como protagonista. A obra original tinha uma de suas alças caídas sobre o ombro, exibindo assim ainda mais sua pele, porém improprio para a época.
Foi um escândalo. Rapidamente, ele refez a obra, colocando a alça na altura do ombro, porém, o estrago já estava feito.
Pressionado pela opinião pública, Sargent chegou a declarar que nunca mais pinaria, porém, quando se mudou para Londres, continuou sua carreira.
Em 1916, com a morte de Virginie Gauntreau, ele vendeu a tela ao Metropolitan Museum of Art de Nova York.

Cinema e TV

‘Madame X’ é o título de um filme de 1916, baseado do livro de Alexandre Bisson. Ganhou remakes em 1928, 1937, 1951 (L’étrange Madame X), 1952, 1966 (com Lana Turner, no seu papel mais famoso), 1981, 1990, 1994, 2000 e… 2019, estrelado por Katherine Taylor, está em pós-produção. Com o mesmo nome foi personagem de um filme italiano de 2012 chamado ‘Luxuria’. Também foi o título de uma minissérie de 2015 estrelada por Anna Paquin.

Sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.