As primeiras super heroínas das HQs – Parte 10

O ano de 1947 produziu três super heroínas: Namora (Aquaria Nautica Neptunia), Canário Negro (Dinah Drake) e Moon Girl (Claire Lune). Elas são as estrelas do especial As Primeiras Super Heroínas das HQs – Parte 10.

NAMORA / Aquaria Nautica Neptunia – American Comics Book / Marvel 1947

Prima de Namor, o Príncipe Submarino, Namora apareceu na revista The Coming of Namora!, em maio de 1947 pelo lápis de Ken Bald e tintas de Syd Shores. Seu figurino foi criado por Bill Everett.
Uma das primeiras Mutantes, ela possuía força sobrehumana, capacidade de voo e pele invulnerável. Nas águas, super velocidade, respiração, imunidade ao frio e à pressão nas profundezas. Em terra, respirava como um humano, porém, precisava submergir para restaurar sua saúde e seus poderes.

1947 Namora – Marvel Mystery Comics #82 Maio @ Reprodução

Ganhou três edições de uma revista própria em 1947. Depois, tornou-se regular nos gibis de Namor até 1955.
A personagem sumiu por 16 anos até ressurgir na revista Sub-Mariner #33 em janeiro de 1971. Morreu congelada em junho de 1972.
Nos próximos 30 anos, Namora apareceu em inúmeros flashbacks e estórias de realidades alternativas a partir da revista What If? #9 (junho de 1978), Os Novos Guerreiros #44 (fevereiro 1994), Vingadores: Forever #4-5 (março 1999), Marvel: A Geração Perdida #3-2 (dezembro 2000) até Incrível Hércules #121-122, em novembro de 2008. Desde 2006, ela é membro do Agentes de Atlas.
Ela está a posição # 76 da lista das ‘100 Mulheres Mais Sexys das HQs’ elaborada escritor Brent Frankenhoff para o Comic’s Buyer’s Guide’s, em outubro de 2011.

CANÁRIO NEGRO (Dinah Drake) – DC Comics 1947

A primeira Canário Negro foi Dinah Drake. Criada por Robert Kanigher (estória) e Carmine Infantino (ilustrador), ela estreou na revista Flash Comics #86, em agosto de 1947.

1948 Canario Negro – Dinah Drake Revista Flash Comics #92 (Fevereiro) @ Domínio Público

Forte e misteriosa, ela tornou-se conhecida como ‘o novo arquétipo da heroína do Filme Noir’ – expressão francesa designada a um subgênero de filme policial, derivado do romance de suspense influenciada pelo expressionismo alemão, o qual teve o seu ápice nos Estados Unidos entre os anos 1939 e 1950.
Usando maiô, jaqueta de couro, botas e meia-arrastão, inicialmente, Dinah era anti-heroína. Na Flash Comics #92 (Fevereiro de 1948) tornou-se heroína no combate ao crime, ao lado do namorado, o detetive Larry Lance na Gothan City. Eles são os pais de Dinah Laurel Lance, que se tornaria a segunda Canário Negro pós a Crise dos Mundos.

1969 Canário Negro – Dinah Drake – Agosto @ domínio público

Dinah integrou a Sociedade da Justiça, primeiro grupo de super-heróis americanos das HQs, lembrado na série ‘Stargil’.
Na série ‘Arrow’, a personagem tem outro nome e ganha poderes graças a uma explosão no laboratório STAR. Tornou-se meta humana com poderes sônicos.

70 anos da Canário Negro @ Reprodução

MOON GIRL (Clarie Lune) – EC Comics 1947

Moon Girl foi uma personagem publicada pela EC Comics de 1947 a 1949. Pertenceu à Era de Ouro das HQs e caiu em domínio público. Sua identidade secreta era Clarie Lune, uma professora de história do Ensino Fundamental.

1947 Moon Girl – Moon Girl #2 – Dezembro @ Reprodução

Assim como a Mulher Maravilha, Moon Girl era uma princesa de uma tribe isolada de mulheres guerreiras de Samarkand e combatia o Mal com seus poderes de Telecinesia, força e invulnerabilidade conseguidos de uma pedra lunar. Seu interesse amoroso era o príncipe Mengu, que tentou invadir a ilha, mas se torna amigável e a acompanha aos EUA como professor.
Criada por Bill Woolfork e Sheldon Moldoff, Moon Girl fez sua estreia na revista The Happy Houlihans #1 no inverno de 1947. Logo após, ela ganhou uma revista própria, Moon Girl and the Prince.

2011 Moon Girl – Moon Girl #1 – Abril @ Reprodução

Em 2010, Moon Girl ganhou um reboot na plataforma ComiXology. Essa nova estória ganhou uma série de cinco partes da revista Red 5 Comics, em maio de 2011.
A Marvel tem outra personagem com o nome de Moon Girl, Lunella Lafayette, criada em novembro de 2015.

Sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.