Exposição As Metamorfoses – Travestis e Transformistas na São Paulo dos anos 70

O IMS Paulista apresenta a exposição As Metamorfoses – Travestis e Transformistas na São Paulo dos anos 70 da fotógrafa Madalena Schwartz até 13 de junho de 2021. Com curadoria de Gonzalo Aguilar e de Samuel Titan Jr, a exposição revisita uma parte da obra de Schwartz, tanto para resgatar os personagens retratados por ela como para investigar o perfil da fotógrafa.
A exposição apresenta imagens da representação fotográfica das culturas transformistas e travestis em vários países da América do Sul. Esses eram os conceitos identitários da Mulher Trans e das Drag Queens, como são nomeadas hoje.

Sobre a fotógrafa

Elke Maravilha @ Madalena Schwartz

Madalena Schwartz (Budapeste,1921-São Paulo,1993) foi uma relevante fotógrafa brasileira de ascendência húngara. Protagonista no contexto da fotografia paulista, destacou-se particularmente pelo modo como trabalhou o retrato em sua obra. Atuante no Foto Cine Clube Bandeirante, moradora do edifício Copan, no epicentro da vida cultural da São Paulo da década de 1970, Schwartz dedicou seu primeiro ensaio de fôlego aos artistas transformistas, andrógenos e travestis, além de nomes essenciais da época, como Ney Matogrosso e os Dzi Croquettes, até muitas figuras hoje quase esquecidas.

Ney Matogrosso @ Madalena Schwartz

Terça a domingo, das 12h às 18h. Última entrada às 17h30 | Tempo máximo de permanência em cada visita: duas horas | O centro cultural funcionará com capacidade reduzida, para que o distanciamento seja respeitado.

Anote: O IMS Paulista fica na Galeria 2 – 7º andar (Avenida Paulista, 2424, São Paulo, SP)