Campinas Decor entrega obras de infraestrutura do prédio do Cotuca

A Campinas Decor e a Unicamp promoveram na manhã desta segunda-feira, 22 de fevereiro, a solenidade de entrega das obras de infraestrutura do prédio do Cotuca (Colégio Técnico de Campinas).
A cerimônia contou com a presença do reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, e da diretora da Campinas Decor, Sueli Cardoso, além de representantes da universidade, Cotuca e patrocinadores do evento.
Pelo calendário oficial, a 25ª edição da mostra de arquitetura, decoração e paisagismo teria sido realizada nos meses de maio e junho de 2020, mas em função da pandemia a data será definida somente quando o momento for considerado seguro.
Campinas Decor e Unicamp reforçam o compromisso de realização do evento e a intenção de que o mesmo ocorra ainda em 2021.

Edição comemorativa

2021 Campinas Decor – Cotuca @ MONDO MODA

A Campinas Decor 25 anos contará com cerca de 60 ambientes internos e externos preparados por profissionais do setor na cidade e região, exibindo o que há de mais moderno em artigos para decoração, revestimentos, mobiliário, luminotécnica, automação residencial e tudo o que envolve esse universo. O público poderá conferir diversas salas, suítes, apartamentos, lofts, banheiros e terraços, além de jardins e espaços comerciais e de uso dos visitantes, seguindo todos os protocolos definidos pelas autoridades de saúde.

2021 Campinas Decor – Cotuca @ MONDO MODA

As características do imóvel, como o pé direito alto e os grandes espaços, fazem com que o imóvel seja o cenário perfeito para os profissionais soltarem a criatividade e mostrarem seus estilos para os visitantes. A finalização dos ambientes para a exposição ao público será realizada somente quando essa data estiver definida, mas as obras estruturais do prédio já foram efetuadas, assim como boa parte dos trabalhos de preparação dos espaços.

Graças ao convênio firmado entre Campinas Decor e Unicamp, o imóvel com área total de quase 7 mil metros quadrados foi reformado e modernizado para que as atividades estudantis possam retornar ao local após o término da mostra. No total, estima-se um investimento de R$ 12 milhões na recuperação do prédio e preparação da mostra, cotizados entre a organização, expositores, patrocinadores e fornecedores.