O luxuoso filme dos 165 anos da Cartier

Para comemorar seus 165 anos, a Cartier lançou um filme publicitário de tirar o fôlego.
L’Odyssée de Cartier contou com a participação de três leopardos, uma réplica em tamanho real do bimotor 14 Bis do Santos Dummont, um elefante, um dragão, entre outros elementos fantásticos, que resultaram numa grande odisséia, realizada pelo francês Bruno Aveillan e uma equipe de mais 60 pessoas.
O leopardo foi escolhido por ser o símbolo da Cartier desde 1930, graças a Jeanne Toussaint, lendária diretora criativa da marca, que produziu o bracelete ‘La Panthère’, especialmente para a Duquesa de Windsor.
No filme, o leopardo viaja para St. Petersburg, onde neva sem parar. Na China, ele se depara com um dragão dourado e na Índia, ele encontra um elefante. Em seguida, ele pula nas asas do 14 Bis, de Santos Dummont – responsável pelo clássico relógio criado em 1904), terminando na Place Vendôme, em Paris, onde caminha para o Grand Palais, para encontrar a Supermodel Shalom Harlow.
A trilha sonora é de Pierre Adenot e o vestido de Shalon é assinado pela estilista chinesa Yiging Yinwith. Entre filmagens e trabalho de efeitos especiais, o filme demorou 12 meses. 

Um comentário

Os comentários estão fechados.