Dicas para cuidar e preservar bolsas e sapatos

A personal organizer Carol Rosa dá algumas dicas de cuidados simples que ajudam a preservar bolsas e sapatos por mais tempo e em melhor estado.

Delírios de Consumo de Becky Bloom (2009) @ divulgação
Delírios de Consumo de Becky Bloom (2009) @ divulgação

Sapatos
– Dependendo do espaço e profundidade da sapateira, acomode os pares com um pé ao lado do outro, um pé na frente do outro ou um pé virado para frente e outro para trás.
– Não guarde os sapatos logo que chegar da rua. O pé transpira e guardar o sapato úmido pode estragá-lo. O ideal é passar um pano úmido na sola e deixar arejando, na sombra, de um dia para o outro.
– Passar spray antibactericida uma vez ao mês no sapato.
– Usar suportes dentro do sapato masculino para lacear ou manter o formato do calçado, tirando a marca de dedos.
– Colocar enchimento nas botas e acomodá-las em caixas de papelão ou de plástico com respiro embaixo da cama ou no armário. Idem para sapatos de festa.

Crazy for Bags @ divulgação
Crazy for Bags @ divulgação

Bolsas
– Retirar tudo de dentro da bolsa antes de guardá-la. “Se você esquecer uma caneta, por exemplo, pode estourar e manchar o tecido interno”, alerta a personal organizer.
– Depois, colocar enchimento para manter o formato original.
– Não deixar as bolsas grudadas umas nas outras. “Essa dica é muito importante porque, se forem de couro, elas podem manchar a bolsa ao lado”, pondera.
– Para quem prefere mantê-las dentro de sacos, a sugestão é optar pelos que são de tecido com visor plástico. “Isso facilita que a pessoa lembre de todas as bolsas que têm e as encontre facilmente quando precisar”, comenta a profissional.
– Bolsas de festa podem ser colocadas em caixas ou cestos, no alto do armário, já que não são usadas sempre. A dica aqui é etiquetar essas caixas para que seja mais fácil localizá-las.
Sobre Carol Rosa
Formada em Administração de Empresas, atuou na área financeira por sete anos, até que descobriu que a paixão por organização poderia se tornar profissão. Ela resolveu investir na própria empresa. Especializou-se como personal organizer pela OZ, filiada à National Association of Professional Organizers (NAPO), referência mundial na área. Há quatro anos no mercado, atende clientes em todo o Brasil.