Um arco-íris de cores em Junho

Junho é o mês de celebração do Orgulho LGBT. Época no qual a bandeira do arco-íris colore ruas, casas e tudo mais. Antigamente, o símbolo da comunidade era representado por um triângulo rosa vazado – inicialmente utilizado pelos nazistas para identificar homossexuais em campos de concentração.

Rainbow Flag @ Philly Mag
Rainbow Flag @ Philly Mag

A bandeira com o arco-íris – reconhecida pelo Congresso Internacional de Fabricantes de Bandeiras – surgiu em 1978, quando um ativista gay pediu para o artista plástico Gilbert Baker criar um símbolo para a sua comunidade. Baker projetou uma bandeira com oito listras: rosa, vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta. De acordo com ele, as cores representaram, respectivamente: sexualidade, vida, cura, sol, natureza, arte, harmonia e espírito.

Rainbow Dress @ Reprodução
Rainbow Dress @ Reprodução

Essa bandeira, no entanto, não foi produzida, pois a cor rosa não estava disponível para produção em massa. A bandeira acabou ficando apenas com sete listras. Meses depois, um supervisor do Comitê da Parada do Orgulho foi assassinado. Para demonstrar poder e solidariedade, o Comitê decidiu usar a bandeira de Baker.
Contudo, para que pudessem dividir as faixas uniformemente ao longo da rua, seis em cada lado, foi eliminada a cor índigo. Desta forma, a versão final ficou com as cores vermelho, laranja, amarelo, verde, azul e púrpura.
Ela se tornou a versão final deste símbolo que representa a diversidade da comunidade LGBT.