A Moda Plus Size no Brasil está em pleno vapor

O mercado direcionado para a Moda Plus Size cresce 6% anualmente e movimenta cerca de R$5 bilhões segundo a Associação Brasileira do Vestuário (Abravest). A expectativa é de um salto no crescimento anual para 10%.
Aquecido pela demanda de uma clientela exigente, que busca roupas e acessórios sofisticados, de qualidade e que fuja do tradicional, o mercado da moda plus size está se moldando para agradar o novo perfil de cliente. Muitas marcas e lojistas do Brasil passaram a criar coleções diferenciadas, procurando absorver a demanda conforme suas necessidades.
Aquelas frases “não encontro roupas do meu estilo”, ou ainda “não me identifico nessas peças” e mais “estou cansada de usar roupas para idosas” são pensadas no momento que as marcas buscaram inovar, trazendo opções mais modernas, com mais cores, decotes, curvas, tecidos mais aconchegantes e cortes que proporcionam o caimento perfeito.

Beline Plus Size @ divulgação

“Este cenário torna ainda mais evidente de que a moda pode – e deve – ser para todas!”, afirma Mauricio Moreira, gerente de marketing da Beline Plus Size. “Por mais que existam centenas de opções de marcas e lojas ofertando roupas e acessórios plus size, é sempre importante observar a qualidade, o caimento do tecido e claro, as medidas. “é necessário sempre observar a descrição e a tabela de medidas dos produtos, pois é ai que será possível identificar se de fato aquela peça é adequada para o cliente. Normalmente cada marca trabalhar com um padrão de medidas específico, mas o padrão é G – GG – XXG ou do número 44 ao 60. É indicado também que o cliente compre peças de acordo com tamanhos que já costuma utilizar, evitando possíveis erros de medida”, finalizada Moreira.

Beline Plus Size @ divulgação