O projeto da Casa Paulínia de Aquiles Nícolas Kílaris

O grande desafio do arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris ao projetar a Casa Paulínia foi manter a imponência arquitetônica característica de seu trabalho, em um imóvel de um pavimento. O pé direito duplo é o grande segredo usado por ele para manter a suntuosidade e elegância desta residência térrea.

A fachada recebeu uma viga aérea que passa na frente de um imenso pano de vidro. Da laje, nasce uma outra curva, no sentido oposto ao da viga, conferindo assim movimento e volume ao projeto arquitetônico. Essa é uma das principais características do trabalho desenvolvido pelo arquiteto, que valoriza as linhas curvas e as formas orgânicas.

O traçado sinuoso também está presente no desenho da grande porta pivotante instalada na entrada. No interior, a Casa Paulínia é totalmente integrada, com muitos vidros e aberturas que permitem a iluminação abundante.

O conceito foi o de utilizar melhor os espaços, projetando menos ambientes, porém, mais amplos e multifuncionais. O living, com pé direito duplo e decoração nas paredes, também foi usado como sala de TV.

Arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris – Casa Paulínia @ divulgação

A elegância que pede este ambiente pode ser encontrada nas poltronas, mesa de centro e painel da TV com nichos iluminados que vão até o teto. Já o sofá possui um sistema que o transforma em cama, se necessário.

Arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris – Casa Paulínia @ divulgação

A sala de jantar está integrada com o living. A mesa para 10 lugares é o elemento central do espaço. Ao seu lado, uma porta leva ao jardim de inverno que traz a natureza para dentro do imóvel. A cozinha é extensão do jantar e a bancada de refeições separa os espaços. A ilha de trabalho, com coifa e fogão, abraça o ambiente que recebeu decoração na parede com fotos em preto e branco.

Arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris – Casa Paulínia @ divulgação

Fotos coloridas de vários países decoram o corredor que leva às três suítes. Neste corredor há também um armário revestido de espelho – para refletir a natureza do jardim – que tem a função de organizar roupas de cama e banho. No quarto da moça, a decoração tem como base o fendi e o azul. A suíte do rapaz foi decorada nas cores preta e branca.

Arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris – Casa Paulínia @ divulgação

Já a suíte máster dá acesso ao jardim e um recanto de poltronas e ombrelones. A área gourmet foi projetada com estrutura de cozinha, churrasqueira, balcão e mesas, tudo com vista para o paisagismo tropical.

Arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris – Casa Paulínia @ divulgação