Sim, ROCK é espaço de MULHER!

O Rock tem diversas vertentes: classic rock, pop rock, folk rock, heavy metal, blues-rock, symphonic metal, glam rock, hard rock, alternative rock, alternative metal, etc. Historicamente, ele é dominado por homens, com centenas de vocalistas de bandas cultuadas ou carreiras solos inigualáveis, como Chris Martin, Adam Levine, Mick Jagger, Bono, Dave Grohl, Jim Morrison, Freddy Mercury, David Bowie, Ozzie Osbourne, Elvis Presley, Sting, Freddy Mercury, Jon Bon Jovi, Axl Rose, Noel Gallagher, Kurt Cobain, etc. É lista longa de astros que marcaram (ou continuam marcando) várias gerações. Mas… E as mulheres?

Amy Lee @ Evanescence website
Amy Lee @ Evanescence website

Atitude, visual, repertório, banda, estilo e uma guitarra em mãos seriam característas? Ok, mas Janis Joplin e Tina Turner não tocavam guitarra. Agora, a voz… Alguém dúvida que naquela voz grave (boa parte são ou foram Contraltos ou Mezzo-Sopranos) e timbres ‘rasgados’ não moram o mais puro rock’n’roll?

MONDO MODA aponta algumas das principais cantoras de rock’n’roll da história da música. 

Janis Joplin – auge: final dos 60 e começo dos 70 – Hits: Me and Bobby McGee, Pierce of My Heart, Mercedes Benz, Maybe, Cry Baby, Ball And Chain, Kozmic Blues, Sumertime, Try, Down on Me, Mover Over e One Good Man.

Stevie Nicks – vocalista do Fleetwood Mac e carreira solo. Auge: anos 70 e 80. Hits: Landslide, Rhiannon, Over My Head, Gypsy, Stand Back e Seven Wonders – canção de 1987, que voltou a cena em 2013 quando virou o tema da série ‘American Horror Story: Coven’.

Ann Wilson – vocalista do Heart – Auge: final de 70 e anos 80. Hits: Barracuda, These Dreams, Never, If Looks Could Kill, What About Love e Alone.

Pat Benatar – Auge: final de 70 e anos 80. Hits: You Better Run, Fire & Ice, Love is a Battlefield e We Belong.

Joan Jett – vocalista do The Blackhearts e carreira solo – Auge do sucesso: anos 70 e 80. Hits: I Love Rock’n’Roll, Bad Reputation, I Hate My Self for Loving You, Crimson And Clover, Cherry Bomb.

Tina Turner – vocalista do Ike & Turner e carreira solo. Tina começou com cantora de R&B antes de passear pelo rock. Na segunda fase, apesar de ser chamada de Rainha do Rock, ela voltou ao sucesso graças aos álbuns mais rentáveis com elementos do Pop Music – Auge do sucesso: fase 1 (final dos 60 e começo dos 70) – fase dois (anos 80 e 90. Hits (fase 1): Nutbush City Limits, Proud Mary e A Fool in Love) | (fase 2 – flertando com o Pop Music), What’s Love Got To Do With It, Better Be Good To Me, Let’s Stay Together, Help, Private Dancer, I Can’t Stand the Rain, Show Some Respect, What You Get Is What You See, Break Every Rule, Typical Male, Two People, We Don’t Need Another Hero, Steamy Windows e I Don’t Wanna Lose You.

Chrissie Hynde – vocalista do The Pretenders e carreira solo – Auge do sucesso: anos 80. Hits: Messege of Love, Back on The Chain Gang, Middle of the Road, Show Me, Don’t Get Me Wrong, Hymn to Her e Thin Line Between Love and Hate.

Melissa Etheridge – carreira solo – cantora e compositora – Auge do sucesso: anos 80 e 90 – Hits: Bring me some waters, Brave and Crazy, I Need to wake up, Lucky, Stronger than Me e a apresentação ao vivo de Piece of My Heart.

Rita Lee – nosso ícone máximo flertou com o pop mais meloso, mas sua alma sempre será rock’n’roll. Dúvida? Auge do sucesso: anos 70, 80 e 90. Hits (rock): Esse tal de Roque Enrow, Papai Me Empresta o Carro, Jardins da Babilônia, Ovelha Negra, Erva Venenosa e Arrombou a Festa.

Alanis Morissette – carreira solo – Auge do sucesso: anos 90 e primeira década dos anos 2000. Hits: All I Really Want, You Oughta Know, Hand in My Pocket, You Learn, Head over Feet, Ironic, Thank U e So Pure.

Amy Lee – vocalista do Evanescence e carreira solo – Auge do sucesso: começo dos 2000. Principais canções: Bring Me To Life, Going Under, My Immortal, Call me When You’re Sober e Lithium.

Sinead O’Connor – carreira solo – Auge dos Sucesso: anos 80 e 90. Hits: Nothing Compares 2U, Mandinka, The Emperor’s New Clothers, Fire on Babylon e The Last Day of Our Acquaintance.

Sheryl Crow – carreira solo – Auge do sucesso: anos 90. Principais canções: All I Wanna Do, If It Makes You Happy, All By Myself, Run, Baby, Run, Sweet Child O’Mine e My Favorite Mistake.

Debbie Harry – vocalista do Blondie e carreira solo – Auge do sucesso: anos 70 e 80. Hits: Denis, One Way or Another, Atomic, Dreaming e Heart of Glass (apesar do pé na Disco Music, era uma canção de rock).

Annie Lennox – Transitando pelo Pop, Synthpop e New Wave, a cantora escocesa tem forte influência do Soul e Blue-eyed Soul e também pisou no rock – principalmente na época do Eurythmics, ao lado do cantor Dave Stewart. Auge da carreira na dupla foi anos 80 e 90. Carreira solo nos anos 90 e início dos 2000. Hits: Missionary Man, Thorn in My Side, Love is a Stranger, Sexcrime, Would I Lie To You e Here Comes the Rain Again.

Outros nomes que merecem menção são: Tarja Soile Susanna Turunen Cabuli (Nightwish), Pitty, Grace Slick (vocalista do Jefferson Airplane), Courtney Love, Pink, Debbie Harry, Suzi Quattro, Johnette Napolitano (vocalista do Concrete Blonde), The Runaways, Hayley Williams, Bonnie Raitt, Dolores O’Riordan (vocalista do The Cranberries), Lita Ford, Patti Smith, Shirley Manson e Avril Lavigne.

(Artigo assinado por Jorge Marcelo Oliveira)

Sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.