Atualizando: parece que Tanya Roberts não morreu…

Numa daquelas piadas sem graça, a informação divulgada ontem que a atriz Tanya Roberts tivesse morrido não é verdade. Pelo menos foi a informação divulgada pelo seu agente, Mike Pingel. 

Olha a várzea: Mike Pingel revelou à imprensa que o marido de Roberts havia lhe contado que ela havia falecido no domingo (03/01). A atriz foi internada no Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles, na véspera de Natal, após desmaiar em sua casa.

Com a repercussão da notícia, ele recebeu uma ligação do hospital para que corrigisse a alegação. Roberts está viva, mas em “má condição” de saúde.

A atriz conhecida por interpretar Julie Rogers, na última formação da série ‘As Panteras’, de 1980-81, a Stacey em “007 – Na Mira dos Assassinos” (1985) e Midge na série “That ’70s Show” morreu no último domingo, 3, aos 65 anos.
Ela estava internada desde a véspera de Natal após ter desmaiado enquanto passeava com seus cachorros. O agente da atriz, Mike Pingel, confirmou a notícia ao The Hollywood Reporter, contudo, a causa do óbito ainda não foi informada.

As Panteras Jaclyn Smith, Shelley Hack, Kate Jackson, Farrah Fawcett, Tanya Roberts e Cheryl Ladd – 1981 @ Reprodução

Antes de se tornar atriz, Roberts seguiu carreira como modelo na década de 1970. Na década seguinte, interpretou Julie Rogers no seriado “As Panteras” (1980-1981), e “Sheena, a Rainha das Selvas” (1984).
Numa entrevista em 2015, ela contou qual foi sua reação quando recebeu o convite para interpretar Stacey Sutton em “007 – Na Mira dos Assassinos”. “Eu disse ao meu agente: ‘As atrizes que fazem Bond girls nunca mais trabalham depois disso”, declarou.

Tanya Roberts em That’70s Show @ Reprodução

De fato isso aconteceu. Sem convites para o cinema, ela voltou a TV em ‘That ’70s Show’ no papel de Midge Pinciotti. Participou de seis das oito temporadas da série, 1998 a 2004)
Sua última aparição foi na série “Barbershop”, em 2005.

Tanya é a segunda atriz da série ‘As Panteras’. A primeira foi Farrah Fawcett, que morreu em decorrência de um câncer, em 2009.