Livro “Que vença o melhor” relata os dramas da transfobia na adolescência

Jeremy Harkiss, capitão de torcida e presidente do grêmio estudantil, não permitirá que se assumir como um garoto trans arruíne seu último ano na escola. Então, em vez de se esconder, curvando-se aos transfóbicos de plantão e à gestão conservadora do lugar, Jeremy resolve fazer barulho – e, para ele, não há melhor forma de chamar a atenção de todos do que desafiar seu popular ex-namorado, Lukas, pelo título de Rei do Homecoming, o evento anual mais importante do colégio.
O detalhe é que seu ex namorado, Lukas – estrela do futebol americano da escola e líder do comitê do baile – é um dos principais candidatos a ganhar a coroa. Além de não entender porque Jeremy terminou o relacionamento de uma forma tão brusca e violenta emocionalmente, o jovem ainda enfrenta a perda recente do irmão e as dificuldades de ser autista em uma escola que não aceita adaptações.
O embate entre os personagens pela coroa do Homecoming transcende a disputa infanto-juvenil. O escritor Z. R. Ellor se aproveita do enredo escolar para aprofundar temas tão comuns entre os jovens, mas pouco abertamente falados na vida real. A dificuldade de lidar com o luto, preconceito LGBTQIA+ na sala de aula, a falta de adaptação aos alunos diagnosticados com autismo e a insegurança pelo futuro incerto.
Mais que disputar quem será o rei do baile, Jeremy e Lukas encaram cicatrizes escondidas e a paixão que os atordoam quando se encontram. Que Vença o Melhor é, acima de tudo, uma estória sobre o amor: será o sentimento dos personagens mais forte que ambição nutrida pela coroa e tudo o que ela representa?
Preço: R$ 69,90

Sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.