As deusas e as bizarras Oscar 2020

Acertando ou errando, o que tornou o tapete vermelho do Oscar 2020 interessante foram as escolhas que saíram do lugar comum.

O branco foi a estrela da temporada. O melhor momento foi Cynthia Eviro, fazendo a deusa num Atelier Versace com mega fenda. Abuso!

Oscar 2020 Cynthia Erivo veste Atelier Versace@ Getty Images

A sem graça foi Renée Zellwegger, num ‘strapless’ básico Armani Privé. Tenho pavor de estrela que segue a cartilha do ‘correto’. Pelo amor… É hora de sair do lugar comum… Mas, pensando bem… Renée nunca foi uma fashionista. Sendo assim…

A mais ousada foi Billie Eilish numa veste Chanel com maxi unhas pretas.

Oscar 2020 Billie Eilish veste Chanel @ Shutterstock

Chanel também foi a escolha de Penelope Cruz (incrível).

E no vintage Margot Robbie, menos memorável.

Falando em preto, Charlize Theron, fiel no Olimpo de Deusas, apostou num Dior Couture que, em princípio parecia básico, mas com estrutura incrível que sobe no conceito quando visto em detalhes.

Adicionando rosa ao preto, Caitriona Balfe arrasou num Valentino sereia com uma levíssima sobreposição rosa com laço no pescoço. Gal Gadot acertou no Givenchy em duas peças – renda e organza de seda e um poderoso colar de diamantes Tiffany&Co. E Laura Dern acertou num Armani Privé.

Outro destaque foi Regina King num poderoso Atelier Versace todo trabalhado no bordado e na saia estruturada.

Oscar 2020 Regina King veste Atelie Versace @ David Fisher.Shutterstock_1

Se o Thom Browne preto bordado usado por Zazie Beetz fosse mais longo seria mais adequado para esse tipo de evento. Porém, o pescoço com o colar Bulgari de U$ 1 milhão ficou sensacional com o poderoso cabelo da atriz. Desconheço outra que ousou tanto ao assumir seu afro com tamanha atitude.

Polêmicas

Sandra Oh dividiu opiniões com o Ellie Saab nude com maxi mangas. Sim, foi over, mas gostei da escolha da atriz, que, normalmente, em outros tapetes vermelhos, seguia a cartilha do correto.

Oscar 2020 Sandra Oh veste Elie Saab @ Shutterstock

Salma Hayek apostou num conceito deusa grega da Gucci. O vestido foi sua melhor escolha da Temporada de Prêmios, sem dúvida, mas a tiara e o bracelete eram dispensáveis.

O Valentino Couture de Kristen Wiig lembrava a carta de valete do jogo de cartas.

Oscar 2020 Kristen Wiig veste Valentino Couture @ Shutterstock

Sabe aqueles trabalhos de Educação Artística tipo bricolagem? Então, o Gucci de Saiorse Ronan era uma versão chic dessa ideia. Susto.

Oscar 2020 Saoirse Ronan veste Gucci @ Getty Images

O look ‘Alô, Terráqueos’ pertence a Janelle Monae, que acreditou no futurismo proposto na década de 1960. Juro que achei que personagem do filme ‘Barbarella’.

Oscar 2020 Janelle Monae veste Ralph Lauren @ Shutterstock

Agora, se for para causar, Billy Porter apostou num Giles Deacon Couture. Gosto da parte de cima com as folhas de ouro, mas a estampa da saia…

Oscar 2020 Billy Porter @ Shutterstock

A bizarra da noite foi Blac Chyna. Quem é Blac? Segundo o Google, Angela Reneé White é uma socialite, maquiadora, personalidade de televisão, modelo e empresária norte-americana. O que ela faria no tapete vermelho do Oscar foi a pergunta que até agora ninguém soube responder.

Sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.