Plantas que filtram o ar e ainda refrescam a casa

A artista floral, arquiteta e paisagista Karina Saab aponta as plantas que filtram o ar, alegram sua casa e ainda amenizam o calor.
Antúrios: são capazes de absorver a amônia liberada por produtos de limpeza.

Areca Bambu: elimina toxinas derivadas do metanol e de solventes orgânicos, com isso ajuda a combater gases tóxicos
Azaleia: essa planta de origem chinesa ajuda a remover do ar o formaldeído, muito usado em móveis de madeira típicos de casa ou de escritórios.
Espada de São Jorge: aumenta os níveis de oxigênio. Ideal para ter no quarto, pois á noite ela converte gás carbônico em oxigênio.
Fícus Lyrata ( figueira-lira): essa planta de origem africana ajuda a manter a umidade do ar, pois tem um alto índice de transpiração. São recomendadas na eliminação de benzeno, xileno e tolueno. E ainda combate o formaldeído e o tricloroetileno também.
Jiboia: é outra planta que contribui para melhorar a umidade do ambiente. Ainda é eficaz na absorção do formaldeído, xileno e benzeno.
Lírio da Paz: segundo a Nasa ela é responsável por absorver todos os poluentes de ambiente como benzeno, xileno, amoníaco, tricloroetileno e formaldeído.

Lirio da Paz @ divulgação

Maranta-calathea: indicada para todos os ambientes da casa. Também chamada de “planta viva”, ela fecha as folhas à noite e abre-as pelas manhã.
Palmeira Raphis: elimina do ar o formaldeído, o xileno e o amoníaco. Por combater os amoníacos, presentes em detergentes e produtos de limpeza é muito usada em ambientes como cozinhas e banheiros.
Samambaia: essa planta auxilia a umidificar o ambiente e age como um excelente filtro de ar removendo até 1860 toxinas por hora como formaldeído e xileno trazendo calma e relaxamento.

Samambaia Azul @ Reprodução

Karina ainda completa que o cultivo dessas plantas é bem prático e pode ser implementado na nossa rotina sem demandar muito tempo.