Vilã no passado, hoje a carne de porco é uma estrela

Jocielly Bobinsky @ Acervo pessoal

Coluna assinada pela Chef Jocielly Bobinsky

Vista como uma vilã gordurosa e fonte de doenças por várias décadas, hoje a carne de porco mudou seu perfil. Os cardápios dos restaurantes trazem diferentes preparos de pratos com bisteca, lombo, costela, pernil, bacon, além de paleta, sobrepaleta, pernil com osso, carré, barriga e bifes. A carne é ainda estrela da tradicional feijoada e está fortemente presente na culinária mineira.
É uma das carnes mais consumidas do mundo, com evidências de pecuária suína que datam de 5000 a.C.. No entanto, o seu consumo ainda é considerado como um tabu alimentar por diversas religiões, como o judaísmo, islamismo e o adventismo, que a consideram impura.
Pode ser feita de diversas maneiras: cozida, salgada ou defumada (presunto, incluindo o prosciutto italiano) ou numa combinação destes métodos (toucinho, bacon ou pancetta). Também é um ingrediente comum das salsichas e linguiças.
A carne de porco é a mais consumida no mundo; para alguns autores representaria 44% do consumo global, contra 29% da bovina e 23% da carne de aves.
A carne suína hoje é uma opção interessante para quem já enjoou de frango ou da carne bovina. Sabendo preparar, dá para usufruir praticamente de todas as partes, da cabeça ao rabo.
As carnes suínas, em geral, harmonizam bem com elementos ácidos, como frutas cítricas. Os sucos de frutas como limão, laranja e maracujá são usados para compor molhos ou marinadas, assim como vinho branco e cerveja. Temperos como pimenta preta, alho e cebola combinam com a carne.

Dica de receita de Pernil na panela de pressão
Ingredientes
Uma peça de pernil de porco
Caldo de dois limões
Um dente de alho amassado
Uma pitada de pimenta calabresa
1/2 colher de sopa de sal
1/2 colher de sopa de alecrim

Modo de preparo

Limpe o pernil retirando toda a gordura, lave bem, coloque em uma panela de pressão acrescentando os demais ingredientes.
Coloque água de forma que fique na metade da altura do pernil.
Leve ao fogo deixando cozinhar 40 minutos.
Abra a panela, veja se a carne está macia, deixe dourar.
Sirva com arroz branco e farofa.