Manteiga ou Margarina?

Jocielly Bobinsky @ Acervo pessoal

Coluna assinada pela chef Jocielly Bobinsky

No Brasil, um hábito cotidiano e muito popular é o pingado – mistura de café com leite e um pão francês – seja na chapa, quentinho ou mesmo fresquinho.
Quem não gosta daquela manteiga ou margarina derretida no pão quentinho?
A primeira diferença que se destaca entre as duas é a composição de seus nutrientes. Ambas são ricas em gorduras, porém a manteiga contém colesterol e uma quantidade maior de gordura saturada. Já a margarina tem maior teor de gordura insaturada em sua composição e, por ser um produto de origem vegetal, não possui colesterol.
Muitas pessoas já se viram em dúvida na hora de escolher entre manteiga e margarina durante as compras.
Hoje sabemos que a manteiga é a melhor escolha para o consumidor por ser um produto natural, que possui vitaminas, minerais e antioxidantes necessários para o nosso organismo. Porém, é importante ressaltar que, é um alimento rico em gorduras saturadas e assim como todo alimento, deve ser consumido com moderação.

Manteiga ou Margarina @ Reprodução

A manteiga é de origem animal. Nada mais do que a nata do leite batida, que vira um creme de leite com soro e glóbulos de gordura. A parte líquida é retirada e a parte gordurosa é a manteiga, rica em gorduras saturadas e colesterol.
A margarina é feita da hidrogenação de óleos vegetais como de milho ou girassol. Nesse processo, uma parte das gorduras insaturadas (mais saudáveis do que as saturadas) da receita se transforma em gordura trans. Este tipo de gordura é pouco comum na natureza, mas costuma ser feito pela indústria para dar cremosidade aos produtos e aumentar a duração.
Tente sempre deixar a margarina com gordura trans em último caso.
Seja margarina ou manteiga, lembre-se que o valor calórico é elevado, muito mais que o açúcar ou a proteína. E não se esqueça de que qualquer uma das duas deve ser consumida com moderação.